quarta-feira, 23 de julho de 2014

Educação fiscal ensina sobre a função dos impostos


Estudantes do ensino fundamental de escolas públicas paranaenses estão tendo uma oportunidade para aprender o que são impostos, o quanto representam no preço dos produtos e serviços, e em que são aplicados os recursos arrecadados pelo poder público.

Este é o objetivo da Vendinha do Fisco, projeto de educação fiscal desenvolvido pela Secretaria de Estado da Fazenda, e que está completando 14 anos. Mais de 100 mil crianças já participaram das oficinas, que envolvem atividades como a simulação de vendas e a emissão de cupons fiscais.

“Essa fórmula, que uniu as atividades lúdicas ao contexto pedagógico, deu muito certo para prender a atenção das crianças. Por isso temos uma procura muito alta pelas oficinas da Vendinha do Fisco”, relata Rosa Fátima dos Santos, auditora fiscal da Delegacia Regional da Receita Estadual em Maringá e representante da Secretaria da Fazenda no Grupo de Educação Fiscal do Paraná.

Os alunos das escolas do ensino fundamental de várias cidades do Paraná são o principal público. “É um trabalho de longo prazo, por isso começamos com eles. Ao levar essa informação, pretendemos que eles aprendam a importância de exigir o documento fiscal quando se adquire um bem ou serviço”, explica. “Queremos que isso se torne um hábito em suas vidas quando adultos”.

De acordo com Rosa, a questão mais direta relacionada ao cupom, ou à nota fiscal, é entender que o imposto está incluído em todos os produtos e que o dinheiro que é arrecadado com os tributos é revertido em benefício de toda a população na forma de serviços de saúde, educação, segurança pública e obras de infraestrutura, entre outros.

“Procuramos utilizar exemplos próximos à realidade da criança, como a escola, a carteira, a merenda e o professor, que estão à disposição delas, e que são pagos com recursos obtidos com o pagamento de impostos”, conta a auditora fiscal.

Além das brincadeiras orientadas por auditores fiscais da Receita, as crianças recebem kits educativos desenvolvidos em formato de gibi. "Que Nem Gente Grande" e "De Olho na Cidade", por exemplo, foram ilustrados pelo cartunista Ziraldo. Os kits incluem CDs com desenhos sobre educação fiscal.

Agência de Notícias do Paraná

http://www.educacao.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=5484&tit=Educacao-fiscal-ensina-sobre-a-funcao-dos-impostos

terça-feira, 22 de julho de 2014

Animação desvenda segredos de embalagens comerciais

Assessoria de Comunicação/Seed


“Fique Atento” é a nova animação produzida pela Coordenação de Produção Multimídia da Secretaria da Educação do Paraná. O tema desta vez é o consumo de alimentos industrializados e a importância de entender a lista de ingredientes e a tabela nutricional nas embalagens.

“Para essa animação usamos como personagem principal um apresentador de TV criado no estilo fotomontagem, com fotografias produzidas em estúdio, tratadas e recortadas para que ele ficasse com características cômicas. As cenas dos demais personagens são em animação tradicional 2D com um traço cartum bem simplificado”, explica Eguimara Branco, coordenadora de Produção Multimídia.

O vídeo pode ser assistido no portal Dia a Dia Educação, onde também está disponível para download, e pelo Youtube.

DIA A DIA EDUCAÇÃO – Esta animação e dezenas de outras estão disponíveis no portal pedagógico Dia a Dia Educação, bem como vários outros recursos que podem ser acessados e baixados gratuitamente por profissionais da educação, alunos e comunidade de qualquer rede de ensino.

www.diaadia.pr.gov.br/

Esta notícia foi publicada em 21/07/14 no site www.educacao.pr.gov.br. Todas as informações são de responsabilidade do autor.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Sisutec: inscrições começam hoje

Mariana Tokarnia/Agência Brasil

Estão abertas a partir de hoje (21) as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Nesta edição serão ofertadas gratuitamente 289.341 vagas em ensino técnico. As inscrições devem ser feitas no site do Sisutec.

Para concorrer, o candidato precisa ter concluído o ensino médio e feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado, sem tirar zero na redação. Pelas regras do Sisutec, 85% das vagas são destinadas a candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede privada como bolsistas integrais.

As áreas com maior oferta de vagas são ambiente e saúde (32,17%), comunicação (17,06%), gestão e negócios (14,10%) e controle e processos industriais (11,67%).  O candidato pode escolher até duas opções de curso. É possível alterá-las ao longo do período de inscrição. Uma vez por dia, até sexta-feira, será divulgada a nota de corte de cada curso.  As vagas são destinadas a instituições particulares; do Sistema S (Senai e Senac) e a instituições públicas.

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 29 deste mês. A matrícula dos alunos selecionados será do dia 30 de julho até 1º de agosto. A segunda chamada será divulgada no dia 5 do próximo mês, e as matrículas estão previstas para os dias 6, 7 e 8.

As vagas remanescentes serão disponibilizadas online para todos aqueles que fizeram o ensino médio, independentemente de terem feito o Enem. O preenchimento seguirá a ordem de inscrição, no período de 11 a 20 de agosto. O candidato terá dois dias para fazer a matrícula na instituição, senão perde a vaga.

O Sisutec foi criado no ano passado, como faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O processo seletivo do Ministério da Educação ocorre duas vezes por ano.


Esta notícia foi publicada em 18/07/14 no site http://agenciabrasil.ebc.com.br. Todas as informações são de responsabilidade do autor.

domingo, 20 de julho de 2014

Educação de Jovens e Adultos está com inscrições abertas em todo o Paraná


A Secretaria de Estado da Educação está com matrículas abertas para jovens e adultos que querem voltar a estudar. Os interessados devem procurar as escolas estaduais que oferecem cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e também os Centros Estaduais de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJA). As inscrições podem ser feitas até 1º de agosto. 

As matrículas são feitas em quatro períodos do ano. Os períodos servem principalmente para os alunos novos, pois os que já cursam a EJA têm a vaga garantida. “Já foram realizadas duas etapas de matriculas neste ano. Este é o terceiro período e pedimos a colaboração de toda a sociedade para a divulgação e chamamento dessas pessoas que precisam concluir a educação básica”, disse a coordenadora da EJA no Paraná, Márcia Dudeque.

A oferta dos cursos de EJA acontece no ensino fundamental, para pessoas com no mínimo 15 anos e no ensino médio, para quem tem 18 anos ou mais. Embora exista idade mínima para matrícula, não há limite para o atendimento. Ou seja, atende também idosos interessados em concluir os estudos.

Fonte: http://www.educacao.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=5479&tit=Educacao-de-Jovens-e-Adultos-esta-com-inscricoes-abertas-em-todo-o-Parana

sábado, 19 de julho de 2014

III Concurso Barão do Serro Azul divulga vencedores

Assessoria de Comunicação/Seed


A Secretaria de Estado da Educação, em parceria com a Associação Comercial do Paraná, divulga os vencedores do concurso “Barão do Serro Azul e sua relevância para a História do Paraná". 

O concurso tem como objetivo fazer com que os alunos conheçam a vida e o trabalho do Barão do Serro Azul, bem como contribuir para a formação cidadã dos estudantes da rede pública estadual paranaense.

A premiação acontecerá na segunda quinzena de agosto, em data a ser definida pelos organizadores. 

VENCEDORES - III CONCURSO BARÃO DO SERRO AZUL – 2014 
A ordem dos vencedores (definição do 1º ao 3º lugar) só será divulgada durante a premiação. 


TÍTULO: Biografia de um Herói
MUNICÍPIO: Castro 
NRE: Ponta Grossa 
COLÉGIO ESTADUAL Professora Joana Torres Pereira
PROFº: Adolfo Kava
ESTUDANTES:
Andressa Aparecida Machado – 8ª A
Eduarda Rosa Iarosinski – 7ª C
Thiago de Jesus Cropolato – 8ª B


TÍTULO: Um homem para a história
MUNICÍPIO: Pitanga
NRE: Pitanga
COLÉGIO ESTADUAL D. Pedro I - EFMPN
PROFº: Noemi Odete Krause Rizzo
ESTUDANTES: 
Érique Rafael da Luz Lopes – 6ª B
Sabrina Eduarda Moreira – 6ª D
Matheus Maciel de Lara – 8ª B


TÍTULO: Barão do Serro Azul
MUNICÍPIO: Curitiba
NRE: Curitiba
COLÉGIO ESTADUAL Beatriz Faria Ansay
PROFº: Pedro Conejo Júnior
ESTUDANTES: 
Angélica Rodrigues – 7ª H
Vinícius Eduardo Lisboa dos Santos – 8ª D
Gabriela Mendes de Brito – 6ª C

Esta notícia foi publicada em 18/07/14 no site www.educacao.pr.gov.br. Todas as informações são de responsabilidade do autor.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos 2014

Assessoria de Comunicação/Seed

logo prêmio educação em direitos humanos 

Estão abertas até o dia 27 de agosto, as inscrições para o 4º Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos de 2014. Este ano serão distribuídos um total de R$ 100 mil para instituições com atuação de destaque na área de Educação em Direitos Humanos.

A quarta edição do prêmio bienal foi lançada em 27 de maio, durante o Fórum Nacional da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), quando foram abertas as inscrições.

Quem pode participar? Instituições públicas e privadas de Educação Básica e Superior, Secretarias estaduais e municipais de Educação e instituições de Educação não formal.

Neste ano, a menção honrosa será outorgada a experiências especificamente realizadas na área da educação indígena. Solicitamos ampla divulgação junto às escolas! 

Para realizar a inscrição acesse:

O vídeo de divulgação do Prêmio produzido e veiculado pela TV Escola está disponível em:




Esta notícia foi publicada no site www.educacao.pr.gov.br. Todas as informações são de responsabilidade do autor.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

V Mostra Técnico-Científica

Acontece hoje a V Mostra Técnico-Científica nos turnos Manhã, Tarde e Noite.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Missa de 7º Dia

A família de Elza Aparecida Huren convida seus amigos educadores para a missa de sétimo dia do seu falecimento. A missa será celebrada nesta quarta-feira, 16 de julho, às 19 horas, na Catedral.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Educação de Jovens e Adultos está com inscrições abertas em todo o Paraná


A Secretaria de Estado da Educação está com matrículas abertas para jovens e adultos que querem voltar a estudar. Os interessados devem procurar as escolas estaduais que oferecem cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e também os Centros Estaduais de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJA). As inscrições podem ser feitas até 1º de agosto. 

As matrículas são feitas em quatro períodos do ano. Os períodos servem principalmente para os alunos novos, pois os que já cursam a EJA têm a vaga garantida. “Já foram realizadas duas etapas de matriculas neste ano. Este é o terceiro período e pedimos a colaboração de toda a sociedade para a divulgação e chamamento dessas pessoas que precisam concluir a educação básica”, disse a coordenadora da EJA no Paraná, Márcia Dudeque.

A oferta dos cursos de EJA acontece no ensino fundamental, para pessoas com no mínimo 15 anos e no ensino médio, para quem tem 18 anos ou mais. Embora exista idade mínima para matrícula, não há limite para o atendimento. Ou seja, atende também idosos interessados em concluir os estudos.

Fonte: http://www.educacao.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=5479&tit=Educacao-de-Jovens-e-Adultos-esta-com-inscricoes-abertas-em-todo-o-Parana

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Vinícius de Moraes

Luiz Henrique Gurgel
Poeta, diplomata, dramaturgo, um dos criadores da Bossa Nova, romântico, jornalista, homem do samba (e dos afrosambas), das músicas para crianças, boêmio, apaixonado pela vida (e pelas mulheres), “branco mais preto do Brasil”. O múltiplo carioca Marcus Vinícius da Cruz de Melo Moraes, ou simplesmente Vinícius de Moraes, faria 100 anos no dia 19 de outubro.
“Foi o único de nós que teve a vida de poeta”, declarou Carlos Drummond de Andrade. Talvez por isso, tantas vezes, tenha escandalizado os mais conservadores: onde já se viu um diplomata fazer shows de música popular? Como um poeta consagrado, conhecedor de literatura inglesa, resolve escrever letras de samba? Por que se casar tantas vezes?
É comum dizer que a idade chegava e ele ia rejuvenescendo. Sua poesia foi se transformando, da preocupação religiosa, cheia de culpa e pecado, simbolista, transgrediu para o erotismo e a observação do cotidiano, modernista; foi se juntando a novos parceiros de música e tendo amigos e esposas cada vez mais jovens, conforme o poeta entrava em anos.
A música o popularizou no Brasil e no mundo. Até hoje Garota de Ipanema (que fez com Tom Jobim) é das canções mais tocadas no planeta. É provável que não haja brasileiro e brasileira, entre 15 e 60 anos ou mais, que, quando apaixonado, não tenha se lembrado de um verso dele, tirado de uma letra de música ou de um soneto. O magnífico “Que não seja imortal, posto que é chama/ Mas que seja infinito enquanto dure” é, hoje, lugar comum entre os enamorados.
Se existe algo como uma memória coletiva brasileira, Vinícius de Moraes ocupa um dos melhores e mais saborosos pedaços com Chega de SaudadeSoneto de SeparaçãoTarde em ItapuãPátria MinhaSamba da BençãoSoneto de FidelidadeRosa de HiroshimaA casa e, por que não, Na Tonga da Mironga do Kabuletê.

Fonte: https://www.escrevendoofuturo.org.br/index.php?view=article&catid=15%3Adicas-culturais&id=1454%3Avinicius-de-moraes&option=com_content&Itemid=43#comments

domingo, 13 de julho de 2014

DIA MUNDIAL DO ROCK - 13/07


Dia mundial do rock

O dia 13 de julho é conhecido no Brasil como Dia Mundial do Rock. A data celebra anualmente o rock e foi escolhida em homenagem ao Live Aid, megaevento que aconteceu nesse dia em 1985. A celebração é uma referência a um desejo expressado por Phil Collins, participante do evento, que gostaria que aquele fosse considerado o "dia mundial do rock". O evento também ficou conhecido por contar com grandes artistas do gênero, como Paul McCartney, Mick Jagger, Keith Richards, Ronnie Wood, Elton John, Queen, David Bowie, entre outros.
A data também coincide com o dia da formação do grupo The Rolling Stones, formada em 13 de Julho de 1962. 

História

Em 13 de julho de 1985, bob Geldof organizou o Live Aid, um show simultâneo em Londres, na Inglaterra, e na Filadélfia, nos Estado Unidos. O objetivo principal era o fim da fome na Etiópia. O evento chamou a atenção por contar com a presença de muitos artistas famosos na época. Entre os participantes, estavam The Who, Status Quo, Led Zeppelin, Dire Straits, Madonna, Queen, Joan Baez, David Bowie, BB King, Mick Jagger, Sting, Scorpions, U2, Paul McCarteney, Phil Collins (que tocou nos dois lugares), Eric Clapton e Black Sabbath.
Os shows foram transmitidos ao vivo pela BBC para diversos países e abriram os olhos do mundo para a miséria no continente africano.
Em 2005, 20 anos depois do primeiro evento, Bob Geldof organizou o Live 8, uma nova edição com estrutura maior e shows em mais países. Dessa vez o objetivo foi pressionar os líderes do G8 para perdoar a dívida externa dos países mais pobres e erradicar a miséria do mundo.

Comemoração somente no Brasil

Apesar de se chamar "Dia Mundial do Rock", a data só é comemorada no Brasil. Ela começou a ser celebrada em meados dos anos 1990, quando duas rádios paulistanas especializadas em rock - 89 FM e 97 FM - começaram a mencionar a data em sua programação. A celebração foi amplamente aceita pelos ouvintes e, em poucos anos, passou a ser popular em todo o país. Entretanto, essa data é completamente ignorada em todo o resto do mundo.
Outros países e localidades não têm uma data específica para celebrar esse estilo musical ou têm outras datas. Nos EUA, poucas pessoas comemoram a data no dia 9 de julho, em homenagem ao programa "American Bandstand, de Dick Clark, que estreou nessa data. O programa ajudou a popularizar o rock and roll nos EUA.


Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_mundial_do_rock

sábado, 12 de julho de 2014

Intérpretes de Libras são avaliados para atuarem nas escolas estaduais

Agência Estadual de Notícias do Paraná


O Centro de Apoio aos Profissionais da Educação de Surdos do Paraná (CAS) está avaliando tradutores e intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para habilitar profissionais que queiram trabalhar na rede estadual de educação. Ao todo, 60 candidatos participam nesta semana de uma banca de avaliação.

Nesta etapa serão atendidos com profissionais de libras os Núcleos Regionais de Educação de Curitiba, Área Metropolitana Norte, Área Metropolitana Sul, Paranaguá, Ponta Grossa, Ivaiporã, Ibaiti e Telêmaco Borba.

Os candidatos aprovados receberão uma declaração de habilitação para o desempenho das funções de tradutor e intérprete de Língua de Sinais ou apoio pedagógico para atendimento aos alunos surdos que estudam no ensino regular comum.

“Para os alunos com surdez, o atendimento garante a igualdade de acesso às informações com qualidade”, afirmou Hélia Eunice Soares, coordenadora do CAS no Estado, que considera a escolarização inclusiva para surdos importante para o desenvolvimento autônomo do indivíduo. “Quando o aluno surdo tem acesso à língua de sinais, ele se desenvolve integralmente”, disse Hélia.

A candidata Adélia Machado Chaves, que há três anos trabalha como intérprete, acredita que sem esse apoio especializado a aprendizagem fica prejudicada. “O intérprete é essencial para o desenvolvimento do aluno. Muitos alunos com surdez não conseguiriam concluir um curso sem a mediação desse profissional”, comentou Adélia, que atualmente é intérprete em um curso técnico de Mecânica, em Telêmaco Borba.

O candidato João Batista de Lara, pedagogo em São João do Triunfo, também concorda que é fundamental assegurar uma educação bilíngue aos estudantes surdos a fim de garantir sua permanência no sistema educacional regular com igualdade de oportunidades. “Somos a voz do aluno”, disse o pedagogo.

O CAS promove a formação de profissionais habilitados para atuar com alunos surdos ou com perda auditiva. Em sete meses, outros 150 profissionais já foram habilitados.

Esta notícia foi publicada em 01/07/14 no site www.aen.pr.gov.br. Todas as informações são de responsabilidade do autor.