domingo, 21 de dezembro de 2014

Solstício de verão: 21 de dezembro é o dia mais longo do ano no hemisfério sul


Portal EBC21.12.2014 - 12h33

Este domingo, 21 de dezembro, marca o início do verão no hemisfério sul e do inverno no hemisfério norte. O dia do início da estação é chamado de solstício de verão. Hoje, é o dia mais longo do ano.

A palavra solstício deriva do latim "sol" e "sístere", que se traduz como permanecer quieto. É o momento em que o Sol antinge a maior declinação em altitude, medida a partir da Linha do Equador. No solstício de dezembro, em especial nas culturas romana e celta, se festejava o retorno do Sol.

Na América Latina o solstício de verão é comemorado por diversas culturas. A data, que representa um marco no Calendário Maia, que gerou uma interpretação sobre o fim dos tempos que acabou muito difundida no ano de 2012, para as culturas originárias da região andino-amazônica representa um ciclo caracterizado pelo retorno ao equilíbrio e à relação harmônica com a natureza.

No Peru, no meio do ano é celebrada a Festa do Sol do Império Inca,  uma apoteótica celebração do mundo andino do hemisfério Sul. O imperador Inca, os sacerdotes e o povo agradeciam o Sol, que, segundo a tradição, fecunda a terra com seu calor e marca o início da época de plantio. Na cerimônia se sacrificava uma lhama, animal típico dos Andes.

Direitos autorais: Creative Commons - CC BY 3.0

Fonte: http://www.ebc.com.br/infantil/voce-sabia/2014/12/solsticio-de-verao-21-de-dezembro-e-o-dia-mais-longo-do-ano-no

sábado, 20 de dezembro de 2014

Livros didáticos do Ensino Médio até fevereiro nas escolas


As escolas estaduais do Paraná receberão os livros didáticos do Ensino Médio entre dezembro e fevereiro. Os livros são enviados diretamente pelo Ministério da Educação e a Secretaria de Estado da Educação alerta as escolas para conferirem o material no momento da entrega.

“É importante verificar se os títulos são os escolhidos pela escola  e, principalmente, conferir a quantidade de livros recebidos", alerta a coordenadora da área, Irian Teresinha Marques.

A Secretaria também está fazendo o levantamento da reserva técnica para livros do 6º ao 9º ano para o ano letivo de 2015. A recomendação é para as escolas preencherem o formulário até 8 de janeiro, conforme e-mail encaminhado pela Seed a todas as escolas da rede. As informações serão enviadas ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)  para que o MEC providencie a entrega nas escolas que indicarem a necessidade de receber mais livros.

O MEC é responsável por determinar as quantidades e entregar os livros didáticos nas escolas das redes públicas estaduais em todo o país. Em nenhum momento a logística passa pela Secretaria de Estado da Educação, que apenas monitora e avisa as escolas sobre os prazos.


Fonte: http://www.educacao.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=5711&tit=Livros-didaticos-do-Ensino-Medio-ate-fevereiro-nas-escolas

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Resultado do Vestibular da Unicentro - hoje, às 17h

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Guairacá terá curso de Odontologia em 2015

Guairacá terá curso de Odontologia em 2015

A Faculdade Guairacá irá implantar em 2015 o curso de Odontologia, já avaliado pelo INEP/MEC. Nesta avaliação, o curso ficou com nota 4, em uma escala de 1 a 5, e agora aguarda a publicação em Diário Oficial de sua autorização de funcionamento.
O relatório final do MEC aponta os quesitos avaliados, ressaltando o excelente ambiente de ensino, estrutura física, a qualificação dos professores e o cumprimento das diretrizes curriculares, além do comprometimento social, realização de projetos que garantem o desenvolvimento humano de seus alunos e sua importância para o município.
Para conhecer as instalações do novo curso, estiveram em visita à Faculdade Guairacá nessa terça-feira (16) as cirurgiãs dentistas Ana Karina da Costa Malucelli, Diretora do Departamento de Gestão da Secretaria Municipal de Saúde, a Tenente Magda Kiyoto Yamada Kawakami e a Tenente Larissa Guimarães Pupo, ambas do 26º GAC.
A visita de cortesia foi marcada pela cordialidade e por elogios ao alto investimento realizado no curso, com plena confiança no trabalho que será desenvolvido. Para Ana Karina, o curso de Odontologia contempla diversas habilidades técnico-científicas e na Guairacá o aluno terá contato com o que há de mais moderno na área. "Nós ficamos muito contentes com a oferta do curso de Odontologia, sendo esse um ganho muito grande para Guarapuava e toda região. É visível o compromisso da Faculdade Guairacá com a qualidade no ensino e as instalações irão garantir benefícios para os alunos”.

Fonte: http://redesuldenoticias.com.br/noticia.aspx?id=76111

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Viagem Curitiba - 10/12/2014 - Assembleia Legistativa - 1







terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Vagas remanescentes do PAC/Unicentro






segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Viagem a Curitiba - Museu Oscar Niemayer










domingo, 14 de dezembro de 2014

Viagem a Curitiba - Arquivo Público do Paraná







sábado, 13 de dezembro de 2014

Certificado de Agradecimento - Armazém Espaço Cultural


sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Vestibular UNOPAR EAD

A Unopar EAD está com as incrições abertas para quem deseja realizar o vestibular da instituição. Para se inscrever, basta doar um quilo de alimento não perecível, ficando isento da taxa para participar do processo. Além da isenção da inscrição, o vestibulando pode ganhar uma bolsa para estudar de graça na maior universidade de ensino a distância do país.
A prova será realizada neste final de semana. O vestibulando pode escolher entre o dia (13) e (14) de dezembro. As inscrições podem ser realizadas pelo site da UNOPAR ou pelo telefone (42) 3036 - 0022, Polo Guarapuava.


Fonte: http://redesuldenoticias.com.br/noticia.aspx?id=75896


UNOPAR EAD realiza Vestibular Solidário 2015UNOPAR EAD realiza Vestibular Solidário 2015

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Matrícula para novos alunos termina nesta sexta-feira

Assessoria de Comunicação/Seed

As matrículas para 2015 dos alunos que não estão estudando na rede estadual encerram nesta sexta-feira (12). Os pais ou responsáveis que pretendem matricular o filho em um colégio estadual devem procurar a escola mais próxima de sua residência com a documentação do estudante.

O planejamento de matrículas na rede estadual do Paraná começou em outubro, seguindo um cronograma para cada tipo de atendimento – rematrícula, alunos que estão migrando das redes municipais para o estado e agora, para aqueles que estão fora das redes públicas ou que são transferidos de outros municípios ou estados.

Neste último caso, os documentos solicitados nas escolas são: Certidão de Nascimento, Carteira de Identidade (RG) ou Certidão de Casamento (original e fotocópia do documento); identidade e Cadastro de Pessoa Física (CPF) para maiores de 16 anos e alunos da Educação Profissional (original e fotocópia do documento); fatura de energia atualizada (máximo de três meses, original e fotocópia do documento), histórico escolar ou declaração de escolaridade da instituição de origem (original e fotocópia do documento).



Esta notícia foi publicada em 11/12/14 no site www.educacao.pr.gov.br. Todas as informações são de responsabilidade do autor.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Richa cria comitê para elaboração do Plano Estadual de Educação


O governador Beto Richa criou nesta sexta-feira (5) o Comitê Gestor do Plano Estadual de Educação. A assinatura para criação do comitê foi no Palácio Iguaçu, em Curitiba, e marcou a solenidade de comemoração dos 50 anos do Conselho Estadual de Educação. Até julho de 2015 o Plano Estadual deverá estar pronto e encaminhando para a Assembleia Legislativa. 

O Comitê será vinculado ao gabinete do governador e abrangerá vários segmentos da educação paranaense, como redes municipais de educação, Sistema S, Federal das Apaes, App-Sindicato, Sindicato das Escolas Particulares. “É mais um instrumento para contribuir com ideias e sugestões para termos, cada vez mais, capacidade e condições de apresentar as melhores propostas de ações efetivas em favor da educação do Paraná”, afirmou Richa, na solenidade, que teve a presença do vice-governador Flávio Arns. 

Ele também cumprimentou o Conselho Estadual de Educação pelo Jubileu de 50 anos. “O conselho merece todo o nosso respeito e reconhecimento pela boa parceria que temos. Ressalto o diálogo que cultivamos, que sempre foi o ponto alto de nossa administração, na busca de um ensino de qualidade no Paraná”, disse o governador. 

O trabalho do Comitê será organizado pelas Secretarias de Estado da Educação, da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e Conselho Estadual de Educação. “Será um comitê de alto nível para que seja construído um plano de interesse comum à população paranaense e que traga resultados ao futuro da educação pública”, destacou o secretário de Estado da Educação, Paulo Schmidt. 

50 ANOS – O Conselho Estadual de Educação é responsável pela autorização, renovação, supervisão e avaliação das instituições de ensino estaduais, municipais, públicas e privadas, da educação infantil ao ensino superior do Paraná. 

O presidente do conselho, professor Oscar Alves, destacou os avanços da educação no Estado. “O Paraná é um dos únicos estados brasileiros a investir em educação mais do que o piso presente na Constituição Federal, que é de 25% do orçamento. Somente neste ano, serão destinados mais de 35% do orçamento para a área”, ressaltou. 

Ele citou os investimentos em transporte escolar, na merenda adquirida dos agricultores familiares, a construção de novas escolas e reforma das já existentes e a criação das Brigadas Escolares. “Comemoramos nossos 50 anos com vitórias como essas, e desejamos agora mais autonomia em nossa atuação”, disse. 

“Devemos ao conselho muitos dos avanços da educação no Paraná, em seus diferentes níveis. Mas também buscamos a sua modernização e uma nova visão de futuro”, destacou o secretário Paulo Schmidt. 

Participaram da solenidade o secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes; o presidente do Conselho Nacional de Educação, Gilberto Gonçalves Garcia; o presidente da Associação Nacional de Instituições de Ensino Superior Público e reitor da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), Nelson Aldo Bona; o reitor da Universidade Federal do Paraná, Zaki Akel Sobrinho; o secretário estadual da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho; o diretor-presidente do Tecpar, Júlio Félix, além de ex-presidentes do conselho, que receberam homenagens. 

PRÊMIO – Durante a solenidade, foi lançado o Prêmio de Educação do Paraná – Educador Raul Gomes, que busca incentivar as inovações na área da educação feitas por alunos, professores e pesquisadores das escolas de educação básica e instituições de ensino superior. As inscrições para o prêmio acontecerão no primeiro semestre de 2015, enquanto a seleção e premiação ficarão para o segundo semestre. O concurso serve para identificar e divulgar projetos que apresentam avanços nos processos de ensino e de aprendizagem. 

O prêmio é uma homenagem a Raul Gomes (1889-1975), paranaense ilustre nas áreas educacional, jornalística e cultural. Gomes foi professor formado pela Escola Normal de Curitiba e bacharel em Direito pela Universidade Federal do Paraná, atuou no ensino primário e secundário. Foi também professor na UFPR. Ele foi signatário do Manifesto dos Pioneiros pela Educação Nova, firmado em 1932, que defendia as ideias do Movimento pela Escola Nova no Paraná. Sua atuação no jornalismo permitiu iniciativas de campanhas em prol da cultura paranaense, como a construção da Biblioteca Pública do Paraná e do Teatro Guaíra. 

Raul Gomes atuou para a criação de instituições culturais e artísticas como o Centro de Letras do Paraná, o Instituto Histórico, Geográfico e Etnográfico do Paraná, a Academia Paranaense de Letras, a Escola de Música e Belas Artes do Paraná, a Sociedade de Cultura Artística Brasílio Itiberê, a Sociedade Amigos de Alfredo Andersen e a Academia Feminina de Letras do Paraná. 

REVISTA – Também foi apresentada no evento uma edição especial da Revista Criteria, órgão oficial do Conselho de Educação, que circulou de 1965 a 1992 e publicava a legislação das áreas de educação e de cultura, vinculada à época. A nova edição conta com uma linha editorial com artigos dos conselheiros, histórico da entidade e uma entrevista com o primeiro presidente do Conselho de Educação, Véspero Mendes, secretário de Estado da Educação de 1964 a 1965. 

A ideia é continuar com a revista no próximo ano, com periodicidade a definir, com debates, artigos e opiniões de professores e alunos. Uma edição online também estará disponível na internet. 

SELO – Foi lançado, ainda, um selo comemorativo pelos 50 anos do conselho. Ele será usado para alimentar a postagem do órgão e da Secretaria da Educação para correspondência. Uma logomarca foi especialmente criada para o Jubileu de Ouro (1964-2014) com um pinheiro estilizado. O selo ainda possui imagem da tela “Pinheiro” (1971), do pintor paranaense Theodoro de Bona (1904-1990).